Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

   excerto da canção: 

1b Adeus                                                 em vídeo

 

 

 

 

Como se houvesse uma tempestade

escurecendo os teus cabelos

ou, se preferes, a minha boca nos teus olhos

carregada de flor e dos teus dedos;

 

Como se houvesse uma criança cega

aos tropeções dentro de ti,

eu falei em neve – e tu calavas

a voz onde contigo me perdi.

 

Como se a noite viesse e te levasse,

eu era só fome o que sentia;

digo-te adeus, como se não voltasse

ao país onde o teu corpo principia.

 

Como se houvesse nuvens sobre nuvens,

e sobre nuvens mar perfeito

ou, se preferes, a tua boca clara

singrando largamente no meu peito.

 

 

 

 

Caixa de texto: "O peso da sombra - A Poesia de Eugénio de Andrade"

 

Caixa de texto: Poesia de
Eugénio de Andrade

Caixa de texto: luis cilia
 

Canções neste disco:

 

       <Anterior Seguinte>

 

 

página inicial