Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

2a Canção em coro

 

 

 

 

Todos o caminho conhecemos;

estão as armas carregadas

e estão as mãos preparadas:

Marchemos!

 

Que importa morrer ao cabo,

morrer não é mal de peso;

mau é ser livre e estar preso,

mau é estar livre e ser escravo.

 

Há quem morra no seu leito,

dez meses agonizando,

e outros morrem cantando

com dez balázios no peito.

 

   excerto da canção: 
 

Caixa de texto: "Resposta"

 

Caixa de texto: Poesia de
Nicolas Guillen
(trad. Carlos Grifo)
 

Caixa de texto: luis cilia
 

Canções neste disco:

 

       <Anterior - Seguinte>

 

 

página inicial

 

 

Caixa de texto: Luís Cília, em 1975, interpretou em Blagoevgrado, Bulgária, no 1º Festival de Alen Mak esta canção, a qual foi posteriormente editada em disco. Clique na imagem para ouvir esta interpretação no youtube.