Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

   excerto da canção: 

5a Estrela vermelha do campo

 

 

 

Estrela Vermelha – meu ramo

de alegria e de vontade,

riscaste a palavra amo

da terra de cada herdade,

e mostras no teu lavrar

uma história que desponta,

posta já por nossa conta.

História de muito cavar…

 

Quem vê a estrela vermelha

de longe, não vê mais nada.

Não vê aquela centelha

ofuscando a madrugada;

nem o caminho maduro

que cresceu do teu trabalho,

nem a beleza do atalho

virado para o futuro.

 

Quem vê a estrela vermelha

na palma de cada mão

onde o futuro se espelha

como nas côdeas do pão

sabe a força que liberta

quem semeia e colhe vida,

quem combate e torna certa

a colheita repartida.

 

Manifestantes: «a terra a quem a trabalha»

 

 

Caixa de texto: "Transparências"

 

Caixa de texto: Poesia de
Manuel Correia

Caixa de texto: luis cilia
 

Canções neste disco:

 

        <Anterior  Seguinte>

 

 

página inicial