Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

esta faixa foi reeditada no cd colectânea
   excerto da canção: 

2b A estrela

 

Pela terra dos humanos

Por meus erros e meus danos

Pelos cravos dos enganos

Pelo bruxedo dos anos

 

uma estrela se perdeu

 

Para acender a candeia

Para doirar o pão da ceia

Pelas grades da cadeia

Pela luz de cada ideia

 

Já no céu não aparece

 

Pelos sonhos que sustenho

Pelo peso do meu lenho

Pela sombra de onde venho

Pelo amor que te tenho

 

No teu peito se meteu.

 

Pela honra que persiste

Por tudo que é pobre e triste

Pela alegria que existe

Pela luz com que sorriste,

 

No teu rosto resplandece.

 

 

 

Caixa de texto: "La poésie portugaise de nos jours et de toujours – 2"

 

Caixa de texto: Poesia de
Carlos de Oliveira

Caixa de texto: luis cilia
 

Canções neste disco:

 

        <Anterior  -  Seguinte>

 

 

página inicial