Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

2a Serventes

 

O que atravessou a serra
E não quis servir a terra
Que ora se lança na guerra
O que fareja?
Se em farejar tanto erra
Maldito seja.


O que arrecadou dinheiros
E não trouxe cavaleiros
E não quis ser dos primeiros
O que fareja?
Se só vem com os derradeiros
Maldito seja.

Quem cobrou grande soldada
Mas nunca fez calvagada
E não quer ir a Granada
O que fareja?
Se tem fortuna ou mais nada
Maldito seja.

Quem muita manha meteu
No saco e pouco de seu
E em Veiga não se atreveu
O que fareja?
Se a alma lhe amoleceu
Maldito seja.

 

   excerto da canção: 
 

Caixa de texto: "La poésie portugaise de nos jours et de toujours – 3"

 

Caixa de texto: Poesia de
D.Afonso X
(adap. Natália Correia)

Caixa de texto: luis cilia
 

Canções neste disco:

 

        <Anterior  -  Seguinte>

 

 

página inicial