Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

5b Babel e Sião (excerto)

 

Canta o caminhante ledo
no caminho trabalhoso,
por entre o espesso arvoredo;
e de noite o temeroso,
cantando, refreia o medo.
 

Canta o preso docemente
os duros grilhões cantando;
canta o segador contente;
e o trabalhador, cantando,
o trabalho menos sente.

 

Como poderá cantar
quem em choro banha o peito?
Porque, se quem trabalhar
canta por menos cansar,
eu só descansos enjeito.
 

 

   excerto da canção: 
 

Caixa de texto: "La poésie portugaise de nos jours et de toujours – 1"

 

Caixa de texto: Poesia de
Luis de Camões

Caixa de texto: luis cilia
 

Canções neste disco:

 

        <Anterior  Seguinte>

 

 

página inicial