Caixa de texto: La poésie portugaise de nos jours et de toujours – 1 
 
(LP -Moshé-Naim MN10002- 1967 – França) 
   (há duas reedições, uma ainda nos anos sessenta e outra já nos anos setenta ou posterior, com a capa alterada - ver ambas mais abaixo à direita).
   (Reeditado pela Polydor (anos sessenta) 658050 - França)
(LP . Sonoplay - M - 26.018 - 1968 - Espanha)
(EP - Sonoplay - SBP 10.134 - 1969 - Espanha)
 
 
 
 
 

Caixa de texto: luis cilia

Caixa de texto: Ficha Técnica:
 
Luís Cília 
- Música, canto e guitarra
Marc Vic
- Guitarra
François Rabbath
- Contrabaixo
 
Ilustração de Gamboa
Fotos: Ludwik Lewin
Capa: Henry  Matchavariani
Tradução: Jorge Reis
Gravação: Studios Europa-Sonor

     <  disco  >          página inicial
Caixa de texto: Capa completa: interior..                            ...contracapa

Caixa de texto:  50 anos de música

Coração e o tempo

2.11

Orlando da Costa

É preciso avisar toda a gente

1.32

João Apolinário

Epigrama

3.05

Afonso Duarte

Dia não

1.50

José Saramago

Balada de uma heroína que eu inventei

3.03

José Gomes Ferreira

Contracanto

2.04

José Saramago

Paisagem

2.14

A. Borges Coelho

Recuso-me

1.28

João Apolinário

Se de Saudade

2.36

Luís de Camões

Barca Bela

3.09

Almeida Garrett

Dinheiro

1.56

Filinto Elísio

Quem ora soubesse

2.47

Luís de Camões

Babel  e Sião

2.09

Luís de Camões

Alma minha gentil que te partiste

2.00

Luís de Camões

Se me levam águas

2.19

Luís de Camões

Esta  edição espanhola (ver mais abaixo) contém os poemas em português. Foi também editado um EP a partir deste disco, em Espanha.

Contém as faixas:

É preciso avisar a toda gente, Balada de uma heroína que eu inventei, Dinheiro e Alma minha gentil que te partiste.   (imagem mais à direita)

 

Lê– se no texto inserto na capa:

 

« Quelle aspiration plus légitime et plus belle pour un portugais tel que Luis CILIA, que de mettre en musique la poésie qu’il aime et de la chanter; elle devient populaire et à la portée de tous.

Cette poésie est celle des poètes portugais.

....

La tentative de luis CILIA est nouvelle pour la culture portugaise. Luis CILIA s’affirme comme un des jeunes compositeurs récemment révélés, tels que josé Afonso e Carlos Paredes.A part la ballade de Coimbra et quelques fados, seuls chant poétiques qui s’imposaient indiscutablement, rien n’a été fait de valable dans le domaine de la chanson poétique portugaise.LUIS CILIA, par sa musique qui est spécifiquement portugaise, possède un don très marqué de la mélodie, qu’un ton nostalgique accompagne presque toujours.

Par la voix profond, fragile et sensible de Luis Cilia, ces poèmes nous transmettent l’espoir, le message d’ amour, de paix et de communion fraternelle. »

 

As canções “Dia não” e “Paisagem” foram posteriormente interpretadas por Manuel Freire. A canção “Epigrama” está incluída no duplo Lp do primeiro encontro da canção de protesto da Casa das Américas—Cuba 1967.

Da imprensa (escrita)

1969 - Maio - Pequeno recorte da revista Vida Mundial sobre a edição em Espanha do disco "la poesie portuguaise de nos jours et de toujours 1"

 

Da imprensa (rádio online):

 

O programa online "cantos da casa", na rubrica "Águas passadas que movem moinhos" do site www.esquerda.net/radio, tem evocado ao longo das suas emissões os discos portugueses da resistência. Aqui poderá ouvir um excerto do mesmo (programa 56) relativamente a este disco.