Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

esta faixa foi reeditada no cd colectânea
   excerto da canção: 

3a – Epigrama

 

Há só mar no meu País
Não há terra que dê pão.
Mata-me de fome
a doce ilusão
de frutos como o sol.

Uma onda, outra onda
o ritmo das ondas me embalou.
Há só mar no meu País
E é ele quem diz
E é ele quem sou.

 

 

 

Caixa de texto: "La poésie portugaise de nos jours et de toujours – 1"

 

Caixa de texto: Poesia de
Afonso Duarte

Caixa de texto: luis cilia

Canções neste disco:

 

        <Anterior  -  Seguinte>

 

 

página inicial

 Aqui (clique na imagem) poderá ver no youtube uma gravação da TV francesa do Luis Cília a cantar esta canção num encontro de emigrantes em França (1966)

 

 Esta canção “Epigrama” está incluída no duplo Lp do primeiro encontro da canção de protesto da Casa das Américas—Cuba 1967.