Se deseja dar a sua opinião sobre Luis Cília e a sua obra envie um mail

(leonardo.verde@gmail.com)

 

   excerto da canção: 

2b – Domínio

 

 

 

 

Por fora do tecto,

Amigo discreto

de passo directo,

já não te procuro.

Ainda que sejas

sinal das invejas,

em mim não rastejas -

- sou eu menos duro.

 

O abismo que sobre,

se a terra o não cobre;

diremos que é pobre

o tempo futuro.

Diremos mentira:

a luz que nos fira

que arranque essa tira

ao espírito puro.

 

 

Caixa de texto: "Sinais de Sena"

 

Caixa de texto: Poesia de
Jorge de Sena

Caixa de texto: luis cilia
 

Canções neste disco:

 

        <Anterior  -  Seguinte>

 

 

página inicial