Aqui poderá ouvir a versão desta canção inserta no LP "Meu País", 1970

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Caixa de texto:

 

6a – Exílio

excerto da canção

 

 

 

 

Venho dizer-vos que não tenho medo

A verdade é mais forte do que as algemas,

Venho dizer-vos que não há degredo

Quando se traz a alma cheia de poemas.

 

Pode ser uma ilha ou uma prisão

Em qualquer lado eu estou presente,

Tomo o navio da canção

E vou directo ao coração de toda a gente.

 

 

 

Poesia de

Manuel Alegre

Canções neste disco:

 <Anterior  -  Seguinte>

 

página inicial

A canção “Exílio” foi interpretada/divulgada em Portugal no regime fascista pelo cantor Adriano Correia de Oliveira no seu disco de 1967 – LP SB 1018 da etiqueta Orfeu. Clique na capa do disco para ouvir a interpretação de A. C. de Oliveira.